Empatia nos negócios

 

“Antes de julgar a minha vida e o meu caráter, calce os meus sapatos e percorra o caminho que eu percorri…”

foto blog

Você já deve ter escutado ou lido essa bela frase de Clarice Lispector em algum lugar, pois bem, essa é uma expressão de protesto de alguém que já sofreu um julgamento injusto.

Quando se faz o julgamento   de uma pessoa ou situação sem exercer a empatia, corre-se o risco de se tornar indiferente ou insensível à situação em certos momentos e para determinados pontos de vista.

Mas isso não é incomum, visto que é natural do ser humano que a forma de ver uma situação ou atitude do outro seja baseada no seu próprio comportamento, já que irá utilizar como parâmetro as referências de valores próprios.

A empatia nos auxilia a julgar menos e a compreender mais e isso reflete substancialmente na melhora dos relacionamentos seja em qual âmbito for, por isso até mesmo as empresas estão investindo em treinamentos de desenvolvimento humano com foco em comportamentos, afinal, todos nos relacionamos com nossos pares, clientes e fornecedores.

relaciones-publicas-marketing-digital-ejecutivo-de-cuenta-busco-empleo

Ao exercer a empatia criamos conexões cerebrais que nos ligam de forma assertiva e significativa, o que quero dizer é que aprofundamos vínculos de convivência quando nos propomos a ser empáticos. E para colocá-la em ação são necessárias algumas atitudes, que irei elencá-las abaixo:

  • Se faz necessário ter uma escuta atenta ao que o outro tem a dizer, isso significa ouvir sem ter o seu pensamento já processando uma resposta ou julgando enquanto o outro está falando. Primeiro sinta junto com a pessoa, coloque-se na situação e contexto de vida dela.
  • Se interesse, faça perguntas, não por curiosidade mas para tentar entrar naquele contexto e experienciar aquilo juntamente com a pessoa.
  • Confirme o entendimento repetindo os pontos chave do que foi expressado para você, parafraseando.

É importante lembrar que em negócios é preciso compreender sem se envolver, significa relacionar-se com verdade mas sem perder o foco do seu próprio objetivo, procurando achar sempre o indicador de solução para sua meta mas que atenda também a outra parte de forma satisfatória.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


*